quarta-feira, abril 28, 2010

DISTORCER FATOS PARA BENEFÍCIO PRÓPRIO

Estou me preparando para com ajuda de vários pastores, coordenar um grupo de 5000 unicistas num propósito de orar por um Brasil que creia na fé apostólica. Isto é, creia na unicidade.  Por isto resolvi dar uma olhadinha na internet. Convencido que parte da oração que deve ser feita entre os dias 11 a 25 de Julho precisa vir acompanhada de confissão de pecados, fiz uma pesquisa a este respeito na Internet. Acabei "tropeçando" em um artigo que está num site católico. Fiquei pasmo com o que encontrei lá.

 O início do texto é uma pergunta seguida de uma resposta longa. Mas para ser objetivo somente reproduzi o que interessa. Sublinhei o que quero destacar. O link para o texto é: http://www.universocatolico.com.br/index.php?/confissao-dos-pecados-ensinada-na-biblia.html

A Igreja ensina que a confissão deve ser feita somente a um sacerdote, mas não encontrei uma base sólida para isso na Bíblia. Você poderia me indicar onde na Bíblia se ensina isto?

Claro. Temos, porém, que manter em mente que a nossa fé não é baseada apenas na Bíblia, já que a Bíblia é filha da Igreja, não sua mãe.
.
.
Autor: Carlos Ramalhete
Você consegue concordar com a afirmação de Carlos Ramalhete? Eu não! A Bíblia é composta pelo Velho e Novo Testamento. O Velho Testamento já existia muito antes da igreja ser estabelecida por Jesus Cristo. Por outro lado o Novo Testamento é resultado do cumprimento das promessas de Deus no Velho Testamento. Portanto a Igreja é consequência e não causa da Bíblia. Se chama de mentira distorcer fatos para benefício próprio. É exatamente o que penso sobre o assunto. Você concorda comigo?

--
PASTOR GERSON

3 comentários:

Pastor Jefferson Souza disse...

Olá Pr. Gerson, de fato não podemos distorcer o que na palavra de Deus está. Penso que os erros que estão sendo cometidos ao longo dos séculos são pelo fato de as pessoas se distanciarem da verdade bíblica. Aliás, houve um grande período onde a palavra de Deus era escondida das massas, e por outro tempo a colocavam em Latim para que não pudesse ser lida e muito menos entendida, de maneira que não poderiam se libertar do erro os que ouviam pois nao entendiam. O proposito do Senhor é que a palavra chegue a todos, pois onde a verdade da Palavra de Deus chega, ela liberta o homem do erro e do engano, e o leva a Cristo que o Salva. Que bom seria se esta geração conhecesse mais da palvra de Deus à conhecer dogmas e religiões. Em Cristo Jesus, Pr. Jefferson Souza

Miriam disse...

Oi pr. Gerson, que coisa tremenda! Cada vez mais sinto a necessidade de homens e mulheres que não se conformam á este mendo. Que assim como os cristãos mártires, ha muitos anos atrás, Deus encontre em mim e no povo apostólico pessoas que estão dispostos a romper com as tradições erradas e estejam a VIVER e morrer pela verdade biblica, pois ela é sim superior a qualquer religião ou ensinamento das igrejas. A paz do Senhor, Miriam

Anônimo disse...

Por um bom tempo pensei que fossemos a única Igreja que batizava em Nome do Senhor Jesus. Fico feliz em conhecer o trabalho e a fé dos meus irmãos desconhecidos.